Paraenduro é confirmado em Campos Novos

Segurança. Essa é palavra-chave para a realização das provas de Paraenduro. Em Campos Novos, esta condição foi devidamente avaliada e aprovada pela Diretora de Esportes Paraequestre da Federação Paranaense de Hipismo, Claudiane Crisostomo Pasquali.

Após conhecer a estrutura da cidade e do Parque Leônidas Rupp, Claudiane se reuniu na manhã desta segunda-feira, 03/02, no Gabinete do Prefeito, com os membros da AMA e do Rotary Club Campos Novos, dando o seu aval para a realização da 1ª Competição de Paraenduro no estado de Santa Catarina. Também estava presente no encontro, a atleta camponovense Letícia Vieira, bi-campeã brasileira de Paraenduro.

A Diretora Claudiane, que realiza competições oficiais em seu estado de origem, se mostrou encantada e fez elogios ao parque e à cidade. “Muito organizada e próspera, o parque tem como receber uma prova de paraenduro, se mostra suficiente quanto à segurança, que é o principal alvo, além dos campos, onde vão acontecer as trilhas da competição”, garantiu.

O evento confirmado para o dia 28 de março, deve receber por volta de 20 atletas, oriundos de pelo menos três estados brasileiros, os quais participarão das provas de 5, 10 e 20 quilômetros. Os competidores se dividirão em dois grupos: Enduro Adaptado, para os atletas que apresentam alguma deficiência intelectual; e Paraenduro para os atletas com deficiência física.

O Paraenduro é uma modalidade esportiva da equoterapia, método terapêutico e educacional com cavalos. Quanto aos atletas que atuam na modalidade, boa parte deles vêm dos centros de equoterapia, local incluso social, ou seja, que visa engajar famílias no processo de terapia.

Para acompanhar as provas não será cobrado ingresso, bem como as inscrições, que também não terão custo.

*Informações: Comunicação/PMCN

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui