Boa noite

Boa noite é uma expressão tão corriqueira usada sem censura a partir das 19h. É um sinal de educação quando encontramos ou nos despedimos de alguém. A frase sai de forma tão natural que nem se percebe.

Pois bem, a frase pode não fazer diferença na vida de quem diz e de quem ouve, porém, na prática ela faz um bem danado. Quem dera que todo ‘Boa noite’ dito e ouvido representasse realmente uma noite bem dormida, não haveria tanta gente mal humorada pela manha e até pelo resto do dia.

Uma boa noite de sono faz bem para a mente e para o corpo. É como recarregar as energias. Não é perda de tempo dormir bem, é na verdade um investimento na saúde. É como recarregar as energias perdidas durante o dia. O corpo e a mente relaxam para que no outro dia trabalhem duramente. É um ciclo repetitivo. Não há as opções: Não preciso, não quero e não vou dormir. É possível tentar, mas não há chance de dar certo.

Mesmo sendo importante dormir bem, muitos querem mesmo é dormir mal. Investem em péssimas noites de sono. Alguns trabalham quase que 24 horas por dia. Outros dedicam todo o seu tempo para os estudos. Pior ainda são aqueles que gastam o tempo em diversão. Não há na da de errado nisso, a questão é o preço que pagam por isso. A falta de sono cobra um alto preço depois.

Dormir bem mantém sua sanidade em dia. Quem dorme poucas horas no dia (salvo raras exceções) geralmente acorda com dor de cabeça e uma irritabilidade insuportável. Até ouvir um ‘bom dia’ incomoda quando se está de mau humor causado pela noite ruim. Mas o principal é que ajuda melhorar a qualidade de vida, a manter uma pele mais bonita e a evitar doenças como diabetes, conforme diz alguns médicos.

O tema de hoje é o sono, mas o objetivo é um só: A busca por uma vida saudável. A matéria da editoria de saúde é sobre o Dia Mundial do Sono, uma data escolhida para incentivar uma rotina regular de noites bem dormidas. O auto cuidado não é apenas nos momentos em que se está desperto, mas também nos momentos de relaxamento.
Que, a partir de agora, os cumprimentos diários não passem despercebido e que tragam um significado real a quem os escuta. Que um ‘Bom dia’ nos ajude a ter um lindo e proveitoso dia e que uma ‘Boa noite’ nos faça ter um sono recompensador!

Por: Priscila Nascimento,
Jornalista

*Edital publicado no jornal “O Celeiro”, Edição 1617 de 12 de março de 2020.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui