Carnaval, criatividade e diversão!

Ana Kantovick

Hello mulherada. Vamos falar de carnaval?

Uma das festas mais populares em todo o mundo, teve seu marco datado em Veneza por volta de 1870 e é de grande importância histórica, pois foi uma das formas que as pessoas encontraram para dar um ar mais divertido aos bailes formais. Foi uma demonstração de luxo e glamour e era considerada a diversão das cortes e somente depois se popularizou.

Falando em fatos históricos, quando a folia foi literalmente para as ruas, por volta de 1930 as fantasias eram simples, as roupas adaptadas, tingidas, enfeitadas de forma simples, bem diferente do observado nos bailes formais.

Isso acontece pelo fato de os materiais que poderiam torná-las glamurosas, como os tecidos, ornamentos ou adereços de cabeça, eram muito caros, e não disponíveis para a população comum. Foi assim, inclusive, que nasceram os clubes e desfiles de ruas.

Mas, voltando à 2020 vamos falar das fantasias que mais apareceram pelas ruas e bloquinhos Brasil afora. Os mais famosos continuam sendo as caveiras, a odalisca, os super-heróis e os príncipes e princesas. Porém, o mundo fantasioso e imaginário se fez bem presente, através de personagens como sereias e unicórnios e novas opções guiadas por movimentos da internet, como por exemplo, as referências astrológicas. Para as mulheres, as preferências principais ficaram com as super heroínas que exploram a força da mulher e são presença marcante também no cinema e outros canais de entretenimento.

Já nos bloquinhos de rua os preferidos foram os shorts, as saias e top croppeds com o bom e velho tênis, afinal de contas o carnaval é comemorado no verãozão e peças leves e fresquinhas são ótimas sugestões. E para finalizar, as maquiagens leves porém caprichadas no glitter foram a escolha mais apreciada. Não posso deixar de ressaltar que a customização de abadás (escolha comum nesta época) trás à tona diversas tendências já citadas por aqui, como por exemplo, os ombros volumosos, a referência vitoriana e brilho, muito brilho.

Por: Ana Kantovick

Contatos em redes sociais:
Instagram: @anakantovick
Facebook: Ana Kantovick
Site: anakantovick.wordpress.com – (49) 998238633

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui