Casos de Covid-19 crescem na região quase 80% em poucos dias

Duas mortes já ocorreram e a tendência é que números de casos cresçam de forma acelerada.

Antes concentrado nos grandes e movimentados centros urbanos, os casos de Covid-19 estão começando a surgir e aumentar aceleradamente nas pequenas cidades do estado de Santa Catarina. O vírus se difundiu e em poucos dias houve um crescimento acentuado no número de casos. A região da Amplasc no último boletim, registrou 203 casos, com 100 curados e 103 ainda ativos, sendo registradas duas mortes, uma em Campos Novos e uma no município de Vargem. Dos sete municípios, Celso Ramos é o único em que não há registro e apenas um caso suspeito. Os demais seguem numa crescente que preocupa a população e o Poder Público local que tem se empenhado em efetivar ações de combate e proteção a população. A maioria dos municípios da região não possui uma estrutura hospitalar para atender os pacientes em casos de emergência, por isso alguns acabam vindo ao hospital Dr. José Athanázio, fato que também pode gerar preocupação, pois os pacientes graves encaminhados de outros municípios entram pela emergência e seguem o fluxo de internamento. Cada município é responsável por seus pacientes, mas quando a situação se agrava eles recorrem aos hospitais mais próximos.

“O vírus chegou com uma força que não esperávamos. Os números continuarão nesta crescente”, afirmou o prefeito Alexandre Zancanaro em live realizada na noite de segunda-feira (23). Participaram também a secretária de saúde, Mayara Serena, o diretor técnico do hospital Dr. José Athanázio, Euclides Dalglolio e o vice-prefeito, Gilmar Marco Pereira. Na ocasião eles falaram sobre a preocupação com o aumento de casos e sobre medidas mais pontuais e restritivas para conter os casos. Sobre a possibilidade de um Lockdown, medida mais rigorosa de isolamento, Mayara descartou a possibilidade no momento, mas afirmou a necessidade de mais rigidez nas medidas protetivas.

Para este momento em que o avanço parece estar descontrolado, o prefeito Zancanaro relatou medidas intensificadas no município. Para tanto, durante esses dias foram feitas reuniões internas, com alguns órgãos e estabelecimentos que geram fluxo de pessoas. “Definimos a questão de higienização dentro dos mercados, não somente na entrada. Com a ajuda do Corpo de Bombeiros será feito um controle sobre o número de pessoas dentro dos estabelecimentos. Definimos uma fiscalização e determinações maiores em bares e restaurantes. A equipe de vigilância acompanhada dos órgãos de polícia irá vistoriar e demarcar o distanciamento mínimo exigido pelos protocolos estaduais”, declarou o prefeito.

O vice-prefeito reiterou a importância de a população acatar as medidas. “Os protocolos precisam ser seguidos pela população. A atitude de cada um é o que conta. Não queremos ter que tomar atitudes mais rígidas, mas depende de cada um”, afirmou. Como forma de garantir o cumprimento do isolamento, a Vigilância Epidemiológica em pareceria com a Policia Civil estará acompanhando os pacientes que devem seguir o isolamento. “A partir desta terça-feira (23), todo aquele que a Vigilância Epidemiológica recomendar isolamento terá uma cópia do documento do paciente para a Policia Civil para que haja o cumprimento do que foi estabelecido”, acrescentou Zancanaro, confirmando também que as pulverizações vão continuar acontecendo uma vez na semana. Outra medida muito importante apresentada foi a criação do Centro de Triagem para atendimento de casos respiratórios.

Na Live destacou-se a conscientização por parte da população, pois infelizmente alguns não tem levado a sério o distanciamento exigido. Nas redes socias alguns relatam que tem sido comum encontrar pessoas sem máscara e a realização de reuniões sociais. Em bares e restaurantes também tem sido comum encontrar um aglomerado de pessoas sem máscara. Se o comportamento das pessoas não colaborar com as medidas da administração é possível que haja um surto em massa e isso poderia superlotar o hospital. Portanto o prefeito salientou a importância de cada um fazer a sua parte. “A responsabilidade é de todos, não apenas do Poder Público, mas de cada cidadão. Denunciem quem estiver descumprindo as recomendações e seja criada uma rede de segurança. Cada um fazendo sua parte e desenvolvendo seu papel iremos conseguir passar por este momento”, alertou. Para pessoas que estejam apresentando sintomas gripais aconselha-se que estas, antes de buscarem atendimento médico, façam contato através do Coronafone, número disponibilizado para o primeiro atendimento e agendamento de consulta.

Centro de Triagem será implantado pela Secretaria de Saúde

Com o aumento do número de doentes por Covid-19 em Campos Novos e região a procura por atendimento médico tem sido ainda maior de pessoas com sintomas gripais. Devido ao crescimento acelerado de casos a Secretaria Municipal de Saúde está intensificando as medidas de proteção, e na Live realizada na segunda-feira (23) a secretaria Mayara Serena e o prefeito Alexandre Zancanaro anunciaram a implantação do Centro de Triagem para atender pacientes com a Covid-19 e com sintomas respiratórios. Nesta quinta-feira (24), o centro iniciará os atendimentos. Foi montada uma ala separada no hospital em que o acesso se dará pela rua Cel. Lucidoro para permitir o isolamento. “Temos uma equipe exclusiva para este atendimento que conta com um médico, dois enfermeiros e três técnicos de enfermagem que vai funcionar a partir de quinta-feira, das 7h às 19h”, explicou o prefeito.

Mayara esclareceu que o atendimento de casos respiratórios não será feito nas Unidades de Saúde. “Todos os pacientes com sintomas respiratórios serão direcionados para o Centro de Triagem. Não serão atendidos nos demais postos de saúde, porque temos que preservar as equipes de saúde para evitar a contaminação. Vamos concentrar em um único local o atendimento seguindo um protocolo, com um único fluxo para que o atendimento seja feito ali. Já tínhamos essa ideia para quando houvesse o momento de pico”, afirmou.” Ainda como medida protetiva, Dr. Euclides Dalloglio disse que o paciente atendido pelo centro receberá os medicamentos logo após o atendimento. “Temos oito unidades básicas de saúde, priorizamos atendimento normais nas Usfs, e os que apresentam sintomas respiratórios neste Centro de Triagem. Definimos um protocolo para que o paciente que for atendido neste centro já saia com os remédios e não precise ir a uma farmácia. O paciente ambulatorial será monitorado e caso necessite de internamento ela vai para a Ala Covid-19. Mantem-se os dois médicos da emergência e acrescenta um terceiro médico. A unidade hospitalar estará com 3 médicos”, acrescentou.

O prefeito pediu para que no momento as pessoas evitem ir ao hospital ou as unidades de saúde, mas que façam isso apenas em casos de extrema necessidade, sendo solicitado por meio do Coronafone. A situação requer muito cuidado, pois até mesmo profissionais de saúde já foram diagnosticados com a doença.

Posso fazer o teste?

Está apresentando sintomas como febre, tosse, dor de cabeça, espirro e outros sintomas gripais há cerca de sete dias? Então a resposta é não. Nem mesmo profissionais de saúde que estiveram em contato com pacientes positivos podem fazer o exame. Por que não? “Os testes rápidos não podem ser realizados antes do sétimo dia de sintoma porquê só após este período é possível identificar os anticorpos para que haja um resultado confiável. Este é o protocolo a ser seguido”, disse a secretária de saúde. Caso o exame seja feito antes disso é possível que o resultado apresente um falso negativo, por isso a necessidade de aguardar um tempo. Não há como fazer testes em massa porque o resultado não seria 100% confiável.

O Hospital Dr. José Athanázio definiu os protocolos para realização de exames com base nos decretos estaduais e municipais. “Nossa decisão é baseada nos protocolos, a população precisa entender. Mesmo que a pessoa tenha tido contato com um doente, mas, se não apresentar os sintomas ela não vai poder fazer o teste. Estamos nos adaptando a uma doença nova. Inserir os protocolos é importante e a população precisa ter a consciência”, declarou Dr. Euclides.

*Reportagem publicada no jornal ‘O Celeiro’, Edição 1632 de 25 de junho de 2020.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui