Núcleo de Eventos da ACIRCAN é criado em Campos Novos

A Associação Empresarial de Campos Novos – ACIRCAN criou no dia 15 de setembro o Núcleo de Eventos de Campos Novos.  A primeira reunião foi realizada de maneira virtual e contou com a participação de 20 empresários de diversos ramos de atuação em eventos que formarão um grupo para discutir as demandas de sua classe.

Na oportunidade a consultora regional do Programa Empreender, Eliane Lopes fez a apresentação do “Empreender” que é um programa da Facisc (Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina), em parceria com o SEBRAE, que visa o fortalecimento da micro e pequena empresa ao reunir empresários de um mesmo município nos chamados núcleos setoriais. Neles, os empresários discutem seus problemas e buscam soluções conjuntas com apoio de um profissional vinculado à entidade empresarial.

O consultor de Núcleos da ACIRCAN Vandenir de Amorim foi o mediador da reunião apresentou a entidade ACIRCAN e as soluções que ela oferece para seus associados e nucleados, bem como a importância do trabalho e das ações realizada pelos núcleos da ACIRCAN.

Um dos setores mais prejudicados, sem dúvida, foi o de produção de eventos e por conta desta situação este grupo se uniu e realizou uma reunião com o prefeito Silvio Alexandre Zancanaro e com o presidente da ACIRCAN Ilceu Luiz Machado – Coutinho, para solicitar uma posição a respeito da retomada dos eventos, no dia 03 de Setembro.

Nesta reunião que foi coordenado pelo empresário Márcio Azevedo da MR Som que é vice-presidente da ACIRCAN surgiu a ideia e a proposta da criação do núcleo que foi bem aceita.  De acordo com Márcio Azevedo, existem em Campos Novos profissionais de aproximadamente 40 ramos de atividades que são relacionadas à eventos e que estão sofrendo com os efeitos da Pandemia do Coronavírus.

A real dimensão das consequências da pandemia do Coronavírus na economia brasileira, ainda é impossível de ser avaliada. Mas os donos de pequenos negócios enfrentam uma nova realidade com a perda de clientes e contratos, que impõe a adoção de um conjunto de medidas para reduzir o tamanho das perdas e permitir que as empresas continuem de pé.  Um levantamento feito pelo Sebrae, mostra que a pandemia do coronavírus afetou 98% do setor de eventos.

Participando do Núcleo os empresários tem a possibilidade de elaborar projetos e políticas assertivas para desenvolvimento do setor e recuperação da economia.  A próxima reunião está agendada para o dia 28 de Setembro.

*INFO: ASCOM – ACIRCAN

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui