ELEIÇÕES SC: Reeleição bate 73,7%, MDB, PP e PSD lideram conquista de prefeituras

Em Santa Catarina, 118 prefeitos conseguiram se reeleger ao cargo e renovar o mandato no Estado, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ao todo, 160 prefeitos tentaram a reeleição. Isso significa um nível de sucesso de 73,7%.

O percentual reflete o que as pesquisas já apontavam, que os atuais mandatários teriam vantagens, seja pelo curto espaço de campanha eleitoral, seja pelo trabalho mostrado durante a pandemia, e outros motivos.

Com isso, mais de um terço dos prefeitos de Santa Catarina seguem nos cargos. O resultado não contabiliza os candidatos que foram apoiados pelos atuais gestores.

Reeleitos

  • Wilamir Cavassini (Abelardo Luz)
  • Cesar Luiz Cunha (Agronômica)
  • Omero Prim (Águas Mornas)
  • Ivan José Canci (Anchieta)
  • João Cidinei da Silva (Anita Garibaldi)
  • Geraldo Pauli (Antônio Carlos)
  • Leani Kapp Schmitt (Arabutã)
  • Clenilton Carlos Pereira (Araquari)
  • Juarez Miguel Rodernel (Atalanta)
  • Fabrício José Satiro de Oliveira (Balneário Camboriú)
  • Jair Celoy Custodio (Balneário Rincão)
  • Celso Biegelmeier (Bandeirante)
  • Adelmo Alberti (Bela Vista do Toldo)
  • Rafael Calza (Bom Jesus)
  • Roberto Kuerten Marcelino (Braço do Norte)
  • Nildo Melmestet (Braço do Trombudo)
  • Saulo Sperotto (Caçador)
  • Pedro Spautz Netto (Calmon)
  • Elcio Rogério Kuhnen (Camboriú)
  • Silvio Alexandre Zancanaro (Campos Novos)
  • Gilberto dos Passos (Canoinhas)
  • Tito Pereira Freitas (Capão Alto)
  • Nilvo Dorini (Capinzal)
  • Dorival Ribeiro dos Santos (Catanduvas)
  • Glauber Burtet (Caxambu do Sul)
  • Ademilson Conrado (Cerro Negro)
  • Rogério Luciano Pacheco (Concórdia)
  • Clesio Salvaro (Criciúma)
  • Sadi Inácio Bonamigo (Descanso)
  • Thyago Wanderlan Gnoatto Gonçalves (Dionísio Cerqueira)
  • Nerci Barp (Dona Emma)
  • Gilberto Angelo Lazzari (Faxinal dos Guedes)
  • Sidnei José Willinghofer (Flor do Sertão)
  • Gean Marques Loureiro (Florianópolis)
  • Jair da Silva Ribeiro (Frei Rogério)
  • Admir Edi Dalla Cort (Galvão)
  • Rodrigo Adriany David (Garuva)
  • Kleber Edson Wan-dall (Gaspar)
  • Luiz Antonio Chiodini (Guaramirim)
  • Claudio Junior Weschenfelder (Guarujá do Sul)
  • Luiz Clovis Dal Piva (Guatambú)
  • Gianfranco Volpato (Ibicaré)
  • Adriano Poffo (Ibirama)
  • Erico de Oliveira (Ilhota)
  • Rosenvaldo da Silva Júnior (Imbituba)
  • André Luiz Moser (Indaial)
  • Clori Peroza (Ipuaçu)
  • Jean Carlos Nyland (Iraceminha)
  • Neuri Meurer (Irati)
  • Volnei Morastoni (Itajaí)
  • Nilza Nilda Simas (Itapema)
  • Marlon Roberto Neuber (Itapoá)
  • João Batista Mezari (Jacinto Machado)
  • Antídio Aleixo Lunelli (Jaraguá do Sul)
  • Dioclesio Ragnini (Joaçaba)
  • Augusto Cesar Nascimento Loureiro (Jupiá)
  • Sérgio Luiz Calegari (Lacerdópolis)
  • Antonio Ceron (Lages)
  • Douglas Fernando de Mello (Lebon Régis)
  • Vitor Norberto Alves (Leoberto Leal)
  • Marcionei Hillesheim (Lontras)
  • Marcos Pedro Veber (Luiz Alves)
  • Armindo Sesar Tasse (Massaranduba)
  • Eder Mattos (Meleiro)
  • Valdir Rubert (Mondaí)
  • Sonia Salete Vedovatto (Monte Carlo)
  • Jean Carlos Medeiros de Souza (Monte Castelo)
  • Agenor Coral (Morro da Fumaça)
  • Rogério José Frigo (Nova Veneza)
  • Vanderlei Sanagiotto (Novo Horizonte)
  • Jorge Luiz Koch (Orleans)
  • Nevio Antonio Mortari (Paial)
  • Cleomar José Mantelli (Palma Sola)
  • Fernanda de Souza Córdova (Palmeira)
  • Dair Jocery Enge (Palmitos)
  • Luiz Henrique Saliba (Papanduva)
  • Nadir Carlos Rodrigues (Paulo Lopes)
  • Aquiles José Schneider da Costa (Penha)
  • Deyvisonn da Silva de Souza (Pescaria Brava)
  • Mário Afonso Woitexem (Pinhalzinho)
  • Olmir Paulinho Benjamini (Piratuba)
  • Ércio Kiek (Pomerode)
  • Alceu Alberto Wrubel (Ponte Serrada)
  • Emerson Luciano Stein (Porto Belo)
  • Eliseu Mibach (Porto União)
  • Oscar Gutz (Pouso Redondo)
  • Nelson Virtuoso (Presidente Getúlio)
  • Edilson Miguel Volkweis (Princesa)
  • Silvano de Pariz (Quilombo)
  • Cleci Aparecida Veronezi (Rancho Queimado)
  • José Humberto Rothbarth Thomé (Rio do Sul)
  • Renaldo Mueller (Riqueza)
  • Alessandra Aparecida Garcia (Santa Cecília)
  • Salésio Wiemes (Santa Rosa de Lima)
  • Julcimar Antônio Lorenzetti (Santiago do Sul)
  • Rudi Miguel Sander (São Carlos)
  • Clézio José Fortunato (São João do Itaperiú)
  • Moacir Francisco Teixeira (São João do Sul)
  • Giovani Nunes (São Joaquim)
  • Rafael Caleffi (São Lourenço do Oeste)
  • Robson Jean Back (São Martinho)
  • Wilson Trevisan (São Miguel do Oeste)
  • Edemilson Canale (Seara)
  • Derli Antônio de Oliveira (Tigrinhos)
  • Elói Mariano Rocha (Tijucas)
  • Roberto Biava (Timbé do Sul)
  • Jorge Augusto Krüger (Timbó)
  • Luiz Divonsir Shimoguiri (Três Barras)
  • Clesio Bardini de Biasi (Treze de Maio)
  • Geovana Gessner (Trombudo Central)
  • Joares Carlos Ponticelli (Tubarão)
  • Evandro Frigo Pereira (Urupema)
  • Luis Gustavo Cancellier (Urussanga)
  • Volmir Felipe (Vargeão)
  • Milena Anderson Lopes Becher (Vargem)
  • Dorival Carlos Borga (Videira)
  • Bento Francisco Silvy (Vitor Meireles)
  • Cesar Panini (Witmarsum)

MDB, PP e PSD lideram conquista de prefeituras

O MDB e o PP seguem liderando em números de prefeituras em Santa Catarina. Após as eleições deste domingo, os emedebistas reafirmaram mais uma vez a primeira colocação, com mais mandatos conquistados. Ao todo, foram 96 cidades – quatro a menos do que em 2016.

Na sequência, está o PP. Os progressistas conquistaram a prefeitura de 52 municípios. O resultado representa um avanço em relação à última eleição, quando eram 46.

O PSD está em terceiro, mas perdeu mandatários. Eram 59 na última eleição e agora são 42.

Veja lista completa eleições 2020*:

  • MDB – 96 prefeitos
  • PP – 52 prefeitos
  • PSD – 42 prefeitos
  • PSDB – 32 prefeitos
  • PL – 28 prefeitos
  • PSL – 14 prefeitos
  • PT – 11 prefeitos
  • DEM – 7 prefeitos
  • PDT – 3 prefeitos
  • Podemos – 2 prefeitos
  • Republicanos – 2 prefeitos
  • PSC – 1 prefeito
  • PSB – 1 prefeito
  • Cidadania – 1 prefeito
  • Patriota – 1 prefeito

*Novo, PSD, Podemos e Democratas estão no segundo turno em Blumenau e Joinville e podem ter acréscimo na lista.

*INFO: REDE CATARINENSE DE NOTÍCIAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui