Poder SC – 024 – Um outro governo

A semana começou com a posse do deputado Altair Silva (Progressistas) na Secretaria de Estado da Agricultura. O evento teve a presença do senador Esperidião Amin (Progressistas), deputado federal Celso Maldaner (MDB), presidente da Assembleia Legislativa de SC (Alesc), Julio Garcia (PSD), entre outras autoridades. A posse é uma virada de página no governo de Carlos Moisés da Silva, que tanto antagonizou com o Legislativo em 2020 e falava mal da ‘velha política’. Antes de ser afastado, o governador chegou a admitir que parlamentares ocupassem postos no Executivo, mas àquela altura nenhum aceitaria o posto. Foi necessária uma mudança de rumo, construída ao longo do período em que Moisés ficou afastado. No evento de posse, líderes de três dos maiores partidos de Santa Catarina que, juntos, têm 17 parlamentares na Alesc. É um governo de coalizão à vista. Em breve, novos embarques.

JULIO PRESO

A Polícia Federal e a Receita Federal deflagraram na terça-feira (19) a segunda fase da Operação Alcatraz, batizada de Hemorragia. A ação cumpriu mandados de busca e apreensão, e de prisão temporária e de prisão preventiva. O destaque foi a detenção de Julio Garcia, que cumprirá prisão domiciliar, com uso de tornozeleira eletrônica. Garcia tem contra ele duas denúncias apresentadas pelo Ministério Público Federal, às quais a Justiça Federal ainda não se manifestou. A defesa do deputado tenta levar o caso para Brasília, no STJ.

– TAMBÉM na terça esteve em Florianópolis o deputado federal Arthur Lira (Progressistas/AL), que concorre à presidência da Câmara dos Deputados. Lira cumpriu agenda em um hotel da Capital, onde se reuniu e jantou com integrantes da bancada catarinense em Brasília. Ele tem apoio declarado da parcela bolsonarista do PSL catarinense.

– A PASSAGEM de Lira  por Santa Catarina foi mais rápida e discreta do que a do opositor, Baleia Rossi (MDB/SP). O deputado previa inicialmente uma visita ao governador Carlos Moisés da Silva, que ficou ocupado com a logística de chegada e distribuição das vacinas contra a Covid no Estado.

– ALÉM de Altair Silva, o governo de SC deve ter a indicação de nomes do MDB. O partido ainda articula para decidir quais postos deve ocupar. As pastas da Educação e do Desenvolvimento Econômico fazem parte da lista que foram oferecidas no primeiro escalão. Ainda há postos secundários em negociação.

*Coluna ‘Poder SC’, publicada no jornal ‘O Celeiro’, Edição 1660 de 21 de Janeiro de 2021.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui