Manter o jovem na cidade é um dos principais desafios da administração em Abdon Batista

Prefeito Dile, de Abdon Batista, fala sobre suas prioridades para manter o município em desenvolvimento nos próximos quatro anos.

Melhorar o que não estava indo bem e dar prosseguimento ao que dá certo, esta é a meta de quem inicia um mandato pela primeira vez. Jadir Luiz de Souza, ‘Dile’, atual prefeito de Abdon Batista, apesar de ser o candidato indicado pelo ex-prefeito Lucimar Salmória, sabe que ainda há situações a serem revistas e melhoradas. Mas também reconhece os muitos feitos e avanços alcançados nos últimos anos, que, segundo ele, devem continuar acontecendo. Entre os principais desafios, Dile cita o fato de manter o jovem no município para dar prosseguimento nas propriedades rurais das famílias. Em conversa com a equipe do jornal ‘O Celeiro’, o prefeito falou sobre suas expectativas e responsabilidade diante da administração municipal.

Antes de falar sobre projetos e metas, Dile destacou suas intenções ao decidir concorrer a prefeitura de Abdon Batista. “Eu e o Cleito sempre estivemos envolvidos nas situações da comunidade e da região. Tomamos a decisão de nos envolver mais e nos propomos a representar a comunidade na administração de Abdon Batista. Nosso objetivo era propor algumas mudanças e melhorias no setor público, principalmente voltados ao interior e a agricultura, que o meio de onde viemos. As coisas foram fluindo. Trabalhando e nós ganhamos credibilidade perante a população. Conversamos com a família, com os amigos, e tivemos o apoio para dar este passo visando contribuir com o município. Queremos trazer mais desenvolvimento para a população, seja através de melhores condições, desde o setor agrícola, educação, saúde, e oportunidades de empreender. Seremos parceiros. Temos estrutura aqui e ela tem que funcionar”, resumiu o prefeito.

Mesmo reconhecendo os avanços, ainda há espaço para muitas ações e realizações que contribuirão para um novo Abdon. “Nosso município cresceu muito em infraestrutura e em obras que vão trazer pessoas ao município. Hoje temos saneamento, asfalto. Vamos focar em trabalhar junto a população para que as engrenagens funcionem e a população esteja envolvida”, disse relembrando as situações pontuais que precisam ser observadas e trabalhadas. “Temos prioridades referentes ao abastecimento de água, da organização no comércio, no sentido de entenderem que essa oportunidade que está vindo é voltada para o desenvolvimento deles. A agricultura é nosso carro chefe, nós vamos ter um carinho especial. Temos dificuldade há anos em segurar o público jovem, os filhos de produtores, por não oferecer muitas oportunidades de educação. Diante disso eles saem para estudar fora e não voltam mais. A nossa população tem uma certa idade, queremos fazer com que o público jovem permaneça no município”, completou, na esperança de que o turismo contribuirá para ajudar o jovem a permanecer no município por oferecer oportunidade de emprego, lazer e atrair mais pessoas.

Sobre as demais pastas do município, Dile comenta seu empenho em prol dos cidadãos abdonenses. “Vamos buscar parcerias para fomentar o empreendedorismo, para trazer cursos para cá. Na educação estamos em um bom patamar no Ideb, temos uma boa estrutura, inclusive, mesmo com a pandemia vamos oferecer aulas para 100% dos alunos. Tem que ser prioridade, e vamos buscar melhorar sempre. Na saúde queremos melhorar e ampliar o atendimento. Só temos uma Unidade Básica de Saúde, temos dificuldades principalmente em urgência e emergência. Esse ano vamos oferecer todos os dias plantão de urgência e emergência. Vamos buscar outras alternativas em medicamentos, exames. Temos comunidades distantes, queremos pôr a unidade móvel para funcionar e ir até essas pessoas, assim como também realizar a entrega de medicamento em casa”, listou.
Especificamente sobre agricultura, que é a principal vocação do município, Dile diz que pretende buscar alternativas para incentivar a agricultura familiar, principalmente na questão da fruticultura e demais culturas que tem se destacado em Abdon. “Queremos melhorar esse atendimento, principalmente nas pequenas propriedades. Acredito que a pequena propriedade tem um potencial muito grande, mas desde que se pense novas ideias, nas áreas de fruticulturas, hortaliças, e culturas de pequenas áreas. Vamos buscar parcerias e tentar envolver projetos para ampliar este setor”, afirmou.

As obras que foram iniciadas por Lucimar, como o Parque Aquático e a Marina seguem em andamento. “O Parque Aquático está pronto, estamos no processo de concessão para uma empresa administrar. Hoje direcionamos prioridades, e devido a pandemia não iremos inaugurar neste momento. Estamos nos planejando para que no início do próximo verão seja inaugurado, caso a pandemia esteja controlada. A Marina continua em construção, a previsão é que a obra da primeira etapa vá até o final de março. Estamos atrás de mais recursos, e vamos buscar a nível nacional, através do Ministério do Turismo, para deixá-la pronta”, garantiu Dile.

*Reportagem publicada no jornal ‘O Celeiro’, Edição 1664 de 18 de fevereiro de 2021.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui