Entidades se reúnem para formalizar programação da Semana Farroupilha – Confira programação

Abertura oficial ocorrerá nesta sexta, 17 de setembro com sessão solene na Câmara de Vereadores.

O tradicionalismo gaúcho é muito forte em Campos Novos e como forma de valorização às raízes gaúchas, entidades culturais se uniram para realizar uma série de eventos alusivos a Semana Farroupilha que acontece de 17 a 26 de setembro. Fundação Cultural, CTG Poteira Camponovense, CTG Celeiro da Tradição, Galpão Caipora Viu, Grupo Cavalgada CN, Câmara de Vereadores e Administração Municipal estavam presentes na coletiva de imprensa realizada na Biblioteca Municipal. Cada representante das entidades falou sobre sua contribuição para que a semana seja marcante. Marli Becker, que convocou a imprensa, falou sobre a importância desta união. “Nós não podemos deixar passar em branco o Dia do Gaúcho. Hoje Campos Novos tem um projeto sobre tropeirismo. O tradicionalismo está cada vez mais fortalecido. Esse ano estamos muito felizes pois vamos conseguir fazer uma movimentação maior. A Semana farroupilha está sendo feita a muitas mãos. A programação este ano terá vários parceiros, não será uma realização da Fundação Cultural, será a união de muitas entidades envolvidas no tradicionalismo gaúcho”, iniciou. A abertura oficial do evento acontecerá no dia 17 de setembro com a realização de uma sessão solene especial em alusão a Semana Farroupilha. Na ocasião a chama crioula será acesa e entregue para dar início as comemorações que acontecerão durante a semana. A sessão solene será limitada devido a pandemia, mas será transmitida ao vivo.

No dia 18 acontecerá a 1 Cavalgada Farroupilha, realizada pelo Grupo Cavalgada CN. Sergio Alvares, um dos que iniciaram este projeto fala sobre o percurso da cavalgada. “Pegaremos a chama crioula e levaremos até a propriedade do seu Toninho Fontana, onde pernoitaremos e faremos uma tertúlia. No sábado (19), às 7h, será feito um café da manhã, e às 12h um almoço. Após isso retornamos à cidade para fazer um desfile pelas ruas e entregaremos a chama na Praça Lauro Muller. Quem tiver cavalo pode entrar em contato conosco nas redes sociais para participar da cavalgada. São percursos curtos e não cansativo. Queremos retomar essa tradição”, explicou.

Ainda no dia 18 será realizada a Macarrona do Porteira no Galpão Crioulo, as 20h, após o recebimento da chama crioula. O professor Nito esclareceu que o jantar terá o limite de 250 pessoas. “Para participar precisa adquirir ingresso antecipados. Estamos vendendo ingresso também para quem quiser adquirir e levar para casa. Teremos galeto assado, macarronada e saladas. Mais informações nas redes sociais do CTG Porteira Camponovense. Haverá apresentações artísticas voltadas aos segmentos culturais”

Para o dia 19 está programada a Gauchada na Praça, na praça Lauro Muller. Neste dia acontecerá varias ações simultâneas, como a tertúlia ao ar livre, exposição de arreios de mula e a chegada da Cavalgada CN. “Fizemos uma proposta ao Benito Zandona para que ele nos fornecesse alguns itens que os tropeiros usavam antigamente e vamos fazer esta exposição. O senhor Valter Nunes e o senhos Marco Aurelio Davilla, dois pesquisadores do tropeirismo, montaram este material que será apresentado. Será um momento de aprendizado. A exposição também ficará aberta ao público do dia 20 até o dia 23 no Celeiro da Tradição. Na praça ocorrerá apresentações de danças, músicas e declamação. Quem quiser participar e se apresentar no dia da tertúlia pode se inscrever na hora. As invernadas artísticas também se apresentarão nesse dia”, adiantou Giovane Premier, um dos organizadores da exposição.

No dia 20 acontecerá o Jantar Comemorativo ao Dia do Gaúcho no Celeiro da Tradição. O evento será fechado apenas para associados e convidados no Celeiro da Tradição em homenagem ao seu Helinho Zanelato, sapateiro do município.

O encerramento da Semana Farroupilha acontecerá com o tradicional ‘Encontro dos Gaiteiros’, no dia 26, no Galpão Crioulo. Emocionado, Benito Zandoná, idealizador do encontro, reforçou o convite para que o evento seja prestigiado. “Nós vamos começar o encontro a partir das 14h e as 18h realizaremos uma live com o grupo Cordiona. É um prazer participar disso tudo. Não podemos deixar essa tradição morrer. Esta união enriqueceu a Semana Farroupilha”, declarou Benito. As atividades alusivas a data são uma realização das entidades envolvidas com o apoio do Instituto Humaniza e da Enercan.

CONFIRA AS PROGRAMAÇÕES

SEMANA FARROUPILHA E GAUCHADA NA PRAÇA

MACARRONADA, EXPOSIÇÃO E CAVALGADA

ENCONTRO DE GAITEIROS

*Reportagem publicada no jornal ‘O Celeiro’, Edição 1694 de 16 de setembro de 2021.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui