Domingo , 22 Outubro 2017
Home / Agronegócio / Sensibilização pela preservação

Sensibilização pela preservação

Central Redutora de Embalagens de Agrotóxicos abre as portas para visitação em 18 de agosto, Dia Nacional do Campo Limpo. Programação da ARARCAM também envolve concurso em escolas.

O Dia Nacional do Campo Limpo (DNCL) é a data para celebrar os excelentes resultados da logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas no Brasil, além de reconhecer os elos da cadeia do Sistema Campo Limpo (agricultores, canais de revenda e cooperativas, indústria fabricante e Poder Público).

Comemorado anualmente em 18 de agosto, o DNCL faz parte do Calendário Nacional desde 2008 e é sinônimo de integração e sensibilização. Em torno dessa data, a celebração do DNCL é estendida às comunidades locais, por meio de ações comunitárias, concursos em escolas, palestras em universidades, entre outras ações, no intuito de levar à região do entorno das unidades de recebimento de embalagens vazias de defensivos agrícolas, reflexão, sensibilização e participação em atividades relacionadas à conservação do meio ambiente.

Em Campos Novos, a Central Redutora de Embalagens de Agrotóxicos é administrada pela Associação das Revendas de Agrotóxicos da Região de Campos Novos (ARARCAM), que além de abrir as portas da Central para visitação em 18 de agosto, também desenvolve durante todo o ano, projeto de Educação Ambiental junto às escolas da rede municipal de ensino.

Neste ano o concurso de redação (para alunos do 5º ano) e de desenho (para alunos do 4º ano), envolve seis escolas da rede pública e trata do tema “Resíduos Sólidos – Responsabilidade Compartilhada”. A premiação do concurso será entregue durante a programação do dia 18 na Central Redutora, sendo que os primeiros colocados em cada categoria receberão uma bicicleta.

Marco Antônio Ubaldo Filho

O responsável técnico e gerente da Central Redutora de Embalagens de Agrotóxicos, Engenheiro Agrônomo Marco Antônio Ubaldo Filho, fala sobre a iniciativa. “No programa de educação ambiental se fala sobre todo tipo de embalagem e todo tipo de resíduo sólido, porque o único lixo mesmo que a gente tem em casa é o lixo do banheiro, que não se pode aproveitar. Restos de comida se utilizam em compostagem, plástico, metal, e papelão, tudo é reciclável e o programa de educação ambiental fala sobre o tempo que isso demora no meio ambiente para decomposição. Fala também sobre toda a parte do meio ambiente, é um projeto que desenvolvemos em parceria com a Secretaria Municipal de Educação há cerca de 5 anos. Inscrevemos a escola no programa, o professor recebe o material e desenvolve o projeto”.

O Engenheiro Agrônomo também informou que em 2016 a Central Redutora recebeu 100 toneladas de embalagens vazias de agrotóxicos, mesma previsão para 2017. Em relação a 2014 e 2015, houve redução no número de embalagens recebidas, observou Marco. “Acabou diminuindo em relação a 2014 e 2015. Tem tecnologias novas que ajudaram a diminuir, mas a gente vê que ainda estamos com uma percentagem abaixo do que deveríamos receber. Ainda falta sensibilização e a fiscalização tem que ser mais eficiente. No Brasil é 94% de toda a embalagem que tem contato direto com o produtor que retorna para a Central. Na nossa região a gente não chega a esta realidade, eu acredito que fica entre 60 e 70%, tem que melhorar”.

A estrutura da Central de Campos Novos tem capacidade para receber mais embalagens e se estuda uma ampliação, a fim de reduzir os prazos de agendamento de entrega pelo produtor. Das embalagens de plástico tríplice-lavadas (rígidas), 95% podem ser recicladas. A Central recebe também as embalagens flexíveis, que não são laváveis e vão para incineração, assim como as de tratamento de sementes, que também são incineradas.

O responsável técnico anunciou que é intenção da ARARCAM passar a receber também produtos impróprios na Central. “Até o final do ano queremos estar com a licença ambiental liberada para o recebimento de produtos impróprios, que são embalagens com restos e vencidos. Mas aí terá toda uma regra para destinação, tem que fazer um agendamento só para este tipo de produtos e só podemos receber do consumidor final, que é o produtor. Também não podemos receber misturas e o produto terá que ser devolvido com rótulo”, explicou Marco Ubaldo Filho.

A Central Redutora abre a programação do dia 18 de agosto às 09hs da manhã e deve receber a visita aproximadamente 500 alunos.

Semana do Campo Limpo na Coocam

Kalinka Françoise da Silva

A Cooperativa Agropecuária Camponovense também realiza em parceria com a ARARCAM, a Semana do Campo Limpo na Coocam. Trata-se do recolhimento de embalagens vazias nas filias da cooperativa com uma agenda pré-determinada.

A Engenheira Agrônoma da Coocam, responsável pela ação, Kalinka Françoise da Silva, reforça que a ação visa à sensibilização. “É uma forma de comemoração da Semana do Campo Limpo, nós fazemos um dia em cada filial, vamos até lá, orientamos o produtor, transportamos essas embalagens até Campos Novos e o recebimento é feito na Central Redutora pela ARARCAM. No dia da ação nas filiais, nós recebemos os produtores, orientamos, porque alguns ainda precisam de mais esclarecimentos. Essa ação da Coocam é muito importante porque o produtor se sensibiliza da necessidade da destinação correta das embalagens, a fim de evitar a contaminação do meio ambiente com resíduos de agrotóxicos. Então a Coocam tem essa preocupação de que a sustentabilidade realmente aconteça na prática”, reforçou Kalinka.

Confira a programação da Semana do Campo Limpo da Coocam:

-14/08/2017 – SEGUNDA FEIRA: Recolhimento de embalagens vazias de agrotóxicos na Filial de LEBON RÉGIS.

– 15/08/2017 – TERÇA FEIRA: Recolhimento de embalagens vazias de agrotóxicos na Filial de CURITIBANOS.

– 16/08/2017 – QUARTA-FEIRA: Recolhimento de embalagens vazias de agrotóxicos na Filial de BARRACÃO / RS. As embalagens devem estar lavadas adequadamente e com as tampas separadas dos vasilhames.

*Reportagem publicada no Jornal “O Celeiro”, Edição 1491 de 10 de agosto de 2017.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *