Domingo , 27 Maio 2018
Home / Política / Prefeito de Ibiam Ivanir Zanin avalia 2017 como um ano positivo

Prefeito de Ibiam Ivanir Zanin avalia 2017 como um ano positivo

Na opinião do executivo, ainda falta “uma melhor comunicação do legislativo”.

Ivanir Zanin (Ivo), Prefeito de Ibiam

O Prefeito de Ibiam, Ivanir Zanin (Ivo), em entrevista à reportagem do Jornal O Celeiro conta que o município fecha o ano de 2017 em boas condições. “Comparado quando pegamos a Prefeitura no início do ano, está muito melhor”, ressalta.

Segundo o prefeito, na educação a prefeitura estipulou um percentual a ser gasto já no início do mandato e se bem administrado esse valor que foi investido, não há por que ter preocupações em relação ao setor. “O transporte escolar que no início a gente pegou sucatas de ônibus escolares, de 5 ônibus, não dava para usar um. Já hoje 100% dos alunos matriculados tanto no ensino fundamental, médio, quanto no superior, tem transporte oferecido pela prefeitura, gratuito”, observa Ivanir.

A saúde do município de Ibiam está entre as prioridades do poder executivo. São 16,3%, cerca de R$ 30 mil da receita arrecadada no município, investidos na saúde. Os responsáveis pelo setor do município participaram recentemente de discussão de algumas alterações na saúde pública e segundo o prefeito, a cada reunião os secretários e funcionários informaram quais foram as conclusões e medidas a serem tomadas a partir daquele momento. “Porém na reunião, o que foi debatido veio de encontro com o que é o projeto da administração para o município. As meninas, que é assim que eu chamo as mulheres que trabalham no setor da saúde, vieram me contar que não podia mais fazer exames, dar remédios e tudo o que o município vinha fazendo em prol da saúde, para quem tinha prescrição médica, utilizando o meio privado para isso. Na hora eu disse aqui não vai acontecer assim não, liguei para o juiz Dr. Fábio e o promotor Dr. João Paulo e marquei uma conversa com eles. Levei os dados de um mês de atendimentos nossos aqui e pedi o que fazer, eles ficaram com os dados lá e analisaram por uns três dias e então me deram a resposta: Não deixe de fazer o que o município pode oferecer ao coletivo, e graças a Deus estamos fazendo todo o possível pelo coletivo”, salientou Ivo.

O prefeito informou também sobre uma reunião com o prefeito Zancanaro e o deputado Antonio Aguiar, autor da lei sobre a transparência na saúde, oportunidade em que foi colocada a situação do município. “Ele disse que acredita que cada município deve fazer o que pode oferecer, a lei não fala nada a respeito que não pode fazer, é para regularizar a fila do SUS, onde tinha muito “fura fila”. Aí o deputado entrou numa questão aqui de Ibiam questionada pela Câmara de Vereadores. Nós tínhamos fila, que hoje em dia está quase zerada, o paciente não pode caminhar, está com um quadro quase de depressão, está há três anos na fila do SUS, resolveu juntar um dinheirinho e ir num especialista, então o médico decide que a cirurgia será em alguns dias, não pode mais esperar e na minha opinião isso não é furar fila, o paciente precisa com urgência, quem somos nós pra questionar a decisão tomada pelo médico? Mas nós estamos fazendo e eu pretendo virar o ano com a fila praticamente zerada”, enfatizou Ivanir Zanin.

Conforme o prefeito, foi entregue à sua gestão uma prefeitura pior que há 20 anos, quando o município foi emancipado, enquanto faziam as reformas da prefeitura atual, os serviços prestados estavam funcionando na escola. “E tudo isso por irresponsabilidade da gestão anterior, não precisa ninguém falar que é disputa política, pois, todos nós sabemos como estava a prefeitura no município antes. E agora tá aí a justiça comprovando o que eu falo, estão todos sendo presos, será que o eleitor é errado? Ou a pessoa que administrava que não soube aproveitar seu momento e fazer as coisas com seriedade? Nós estamos muito felizes hoje, pois o slogan da nossa campanha era Seriedade e Trabalho e isso estamos cumprindo. O que falamos para o eleitor, estamos realizando. Esperamos que o legislativo esteja cumprindo isso também, trazendo sim as críticas da comunidade até nós, isso é bom, é construtivo, faz a cidade melhorar e nós temos conhecimento do que mais podemos fazer. Por que ambos, o legislativo e o executivo temos que cumprir nossas obrigações, a gente recebe por isso, é dinheiro público, precisamos fazer por merecer”.

Na opinião do Poder Executivo, só está faltando uma melhor comunicação com o Poder Legislativo, pois o Executivo nunca agiu com má fé. “Também não é uma crítica, que os vereadores agem de má fé, é apenas a questão da comunicação boa, pois desse jeito estão impedindo a população de receber algo melhor. Se podem oferecer algo a população nós vamos sim oferecer, é obrigação do Executivo isso”, comenta o prefeito.

Sobre 2017, o prefeito afirma que foi um ano positivo. “Nosso ano foi muito bom, muito positivo, não adianta falarmos em crise, pois a crise quem faz somos nós, pois se temos um recurso é necessário saber administrar esse recurso e é o que temos feito. Nossa contratação média, foi de 20 % menor que da administração passada”, esclareceu Ivanir.

Conforme o prefeito, o incentivo para agricultura e indústria que estava sendo oferecido totalmente de graça, da metade do ano em diante passou a ser apenas metade gratuito, pois se continuassem pagando 100% do serviço de máquinas pesadas que inclusive é terceirizado, ao término de 2017 o impacto financeiro seria muito grande. “Então em reunião com a comissão foi decidido dar a metade do serviço e a outra metade o produtor pagar. Ibiam é único município da região que dá esse incentivo, com o tempo talvez, possamos aumentar novamente ele ou diminuí-lo, temos um cuidado muito especial com a receita municipal”, explica.

Projetos para 2018:

“Para 2018 tem um grande desafio, que é pavimentar todas as linhas de acesso, pois em todo perímetro urbano o calçamento hoje já é realidade, todas as ruas têm a cobertura de calçamento. O desafio é pavimentar todas as linhas de acesso rural, pois a cidade é movida pela agricultura e pela pecuária e onde antigamente os produtores entregavam os produtos de caminhão pequeno, hoje chega carretas buscar e o acesso até essas propriedades tem que ser acessível. A meta é até a metade de 2018 iniciar e executar pelo menos 2 km da pavimentação do acesso ao museu do vinho, que é um projeto que está “engavetado” há 12 anos, e antes de assumir o prefeito foi atrás para ver a possibilidade de refazer esse projeto, já foi conversado com o Governador, com o Secretário da Casa Civil que está nos atendendo muito bem nesse quesito, ele mandou fazer algumas adequações. O projeto que é de 7 km, então foi refeito todo, deixado um projeto redondinho. E já está na mão do Secretário, porém aguardam o repasse do valor e a liberação ambiental”.

Projetos realizados em 2017

– Estradas de comunidades trafegabilidade intensa que estavam em más condições de uso, foi feita a abertura, deixando com melhor tráfego e esteticamente mais bonitas.

– Foi realizada abertura, cascalhento e britagem nas estradas, na Linha União, Linha Central, Linha Santo Alécio e Linha Gramadinho, sem deixar excessos, tudo o que saía de entulhos de pedras e terra, foram destinados a um local correto.

– Sobre as pontes dos municípios, o prefeito informou que a administração passada tinha um convênio de R$ 300 mil para investir em pontes e infelizmente não deram continuidade ao projeto e perderam a verba. Na ponte da Linha Gramadinho, que tem toda estrutura boa em ferro, mas a madeira da empresa que ganhou a licitação não é tão boa, o prefeito não deixou concluir, está esperando a madeira de melhor qualidade para entrega da obra.

– Também na Linha Gramadinho a administração atual construiu um poço artesiano comunitário, para beneficiar 30 famílias, compromisso assumido em plano de governo. A princípio o poço deu pouca vazão. Novos testes de vazão serão feitos e se confirmar que essa água em abundância é temporária e o poço tem pouca capacidade, será perfurado até achar o lençol. Há ainda outros dois poços em fase de perfuração em outras comunidades, mas está sendo dada prioridade ao da Linha Gramadinho a fim de solucionar o problema.

– Foi executado o patrolamento de todas as estradas duas vezes em 2017 e onde precisava de cascalho, foi colocado.

– Hoje no Posto de Saúde tem quatro médicos efetivos, um Clínico Geral, um Ginecologista, um Pediatra e um Dentista e tem um consórcio de saúde, que são as especialidades que não são oferecidas a preços acessíveis. Todos os exames são conveniados, reduzindo em mais de 50% o valor.

– Estão sendo retomadas as obras paradas da gestão anterior com prioridade, a prova é que ficaram 9 meses fora do prédio da prefeitura, reformando e arrumando para poderem utilizar o novo espaço.

– Também foram retomadas as obras do centro multiuso, que está pronto conforme o projeto, somente faltando a cancha de bocha e bolão, porém nesses últimos dias, os idosos fizeram uma pesquisa e levaram a conhecimento do prefeito que até então nem sabia da pesquisa, que eles preferem um salão para danças no lugar da cancha.

– A quadra coberta está concluída e através de levantamentos, quando chove faz muito barro, então antes de inaugurar, será feito calçamento ao redor da quadra que terá ligação com a escola, beneficiando os alunos em dias de chuva e barro.

– A academia que conforme o prefeito estava abandonada a 5 anos, teve a obra retomada, com grandes dificuldades. No passeio também foram encontradas dificuldades, pois não foi feita a prestação de contas do município com o governo federal, então a Caixa Econômica Federal que está ajudando até a regularização dessa situação. “Tudo o que estava paralisado, a gente deu continuidade, a gente procura atender as exigências, valorizamos o dinheiro público, pois eu penso que cada um que entra tem responsabilidade e obrigação de concluir o que o outro iniciou” complementa Zanin.

O Prefeito de Ibiam deixou um agradecimento especial a todos que confiam em seu trabalho e destacou que qualquer dúvida, as portas da prefeitura estão abertas para os possíveis esclarecimentos. “Em 2018 a gente quer melhorar. Deixo aqui os votos de Feliz Natal e um Próspero e Abençoado Ano Novo”, concluiu.

*Reportagem Publicada no jornal “O Celeiro”, Edição 1510 de 21 de Dezembro de 2017.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *