Reforma da Previdência: Professores se posicionam contra a proposta

Na manhã desta terça-feira dia 18, as 10 horas, professores e alunos da escola de educação básica Henrique Rupp Junior realizaram uma manifestação, um protesto contra a reforma da previdência para a categoria, que será encaminhada, na tarde de hoje, na Assembleia Legislativa. A categoria reivindica o cumprimento do acordo de aumento salarial que foi firmado com o ex-governador Raimundo Colombo e que segundo os professores, o compromisso não foi cumprido pelo atual governador Carlos Moisés.

Além disso os professores não concordam com a idade mínima e com o tempo de contribuição para a aposentadoria integral. De acordo com os docentes se o texto for aprovado, há uma grande probabilidade de, daqui a alguns anos, termos professores com mais de 60 anos em sala de aula pois, o professor não inicia sua carreira com 16 anos como a maioria das categorias. O professor necessita passar pelos cursos de formação que normalmente são concluídos entre 22 e 25 anos e somente após essa formação é que está apto para entrar em sala de aula.

Importante destacar que os alunos também aderiram ao movimento como forma de apoio aos professores. Durante o ato os alunos demonstraram este apoio através de textos e músicas além de estarem vestindo camisetas pretas em sinal de luto e protesto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui