Sábado , 21 Abril 2018
Home / Saúde / Hospital de Campos Novos fará cirurgias eletivas do Mutirão do Governo do Estado

Hospital de Campos Novos fará cirurgias eletivas do Mutirão do Governo do Estado

Por meio do mutirão de cirurgias eletivas, campanha criada pelo Governo do Estado, que acontecerá no final de Abril e início de Maio, os camponovenses que estão na fila para realizarem cirurgias eletivas, serão beneficiados. A grande novidade neste ano é que Campos Novos também fará as cirurgias, abrindo as portas para pacientes de toda a região.

Além de atender a população de Campos, o Hospital José Athanázio realizará 54 cirurgias gerais e 10 ortopédicas para os pacientes da região: Joaçaba, Zortéa, Abon Batista, Luzerna, Erval Velho, Herval D’Oeste, Capinzal, Catanduvas, Celso Ramos e Vargem. Assim como os pacientes do município de Campos Novos irão à Joaçaba e Capinzal para realizarem cirurgias.

O administrador geral da Fundação Hospitalar Dr. José Athanásio, Stevan Alexandre Bohneberger e a secretária municipal da Saúde Sandra Maria Rosar Bresola, comentaram sobre essa parceria com os municípios vizinhos, uma vez que haverá troca nas prestações de serviços, ou seja os camponovenses também irão até outros municípios para realizarem os procedimentos cirúrgicos que não tem aqui.

“Uma das grandes reinvindicações dos municípios vizinhos era que Campos Novos abrisse as portas para as cirurgias eletivas de mutirão. Não só para moradores de Campos Novos mas para toda a região. Com o intuito de buscar parcerias e fortalecer regionalização do hospital, pois temos a estrutura e a capacidade, além disso, é o único da região que tem a emergência 24 horas”, enfatizou Bohneberger.

Sandra também explicou que a seleção dos pacientes, ocorrerá por meio do Sistema de Regularização- Sisreg, um programa de gestão que verifica a fila e autoriza as cirurgias por meio dela, não sendo possível “furar a fila”. “Nós estamos em negociação para que o município de um passo à frente em relação as cirurgias. É grande a fila no SUS das cirurgias represadas, mas com a abertura de Campos Novos para outros municípios, os outros municípios também abrem as portas para nós. Isso é um avanço e isso é uma mudança para melhor”, pontuou Sandra.

Fonte: Assessoria de comunicação PMCN.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *