Sábado , 21 Abril 2018
Home / Agronegócio / ARARCAM se destaca no Programa Implantar do inpEV

ARARCAM se destaca no Programa Implantar do inpEV

Boas práticas na operação, produção e organização das centrais de recebimento de embalagens vazias são reconhecidas.

As centrais de recebimento de embalagens vazias de defensivos agrícolas, que se destacaram por sua atuação no ano passado, foram reconhecidas na 12ª edição do Programa Implantar, criado pelo Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias – inpEV para incentivar as unidades a investir no aperfeiçoamento constante de suas atividades.

A Associação de Revendas de Agrotóxicos da Região de Campos Novos (ARARCAM), por meio de seu Presidente Eng. Agrônomo Marcelo Luiz Capelari e pelo Responsável Técnico da associação, Eng. Agrônomo Marco Antônio Ubaldo Filho, receberam no dia 06 de abril, das mãos do coordenador regional de Operações do inpEV em Santa Catarina e Rio Grande do Sul, Eurípedes da Veiga Rodrigues, placa de reconhecimento pelas ações de boas práticas na operação da central de recebimento.

A ARARCAM foi avaliada como a 12ª central, entre as 113 centrais do país, que melhor desempenha suas atividades, de acordo com os índices de produtividade, excelência em custo, atendimento a normas de segurança, participação no Programa Educação Ambiental e do Dia Nacional do Campo Limpo. No Programa Implantar, as 20 melhores centrais são premiadas.

A pontuação vai de 0 a 10.000 pontos, tendo a ARARCAM alcançado 9.316 pontos no ano de 2017. “Está pontuação afeta também o aporte de recursos financeiros pelo inpEV para custear o funcionamento da central que varia de 50-70% do déficit, estando a central de Campos Novos dentro da faixa dos 70%, o restante do custo operacional é pago pelas cooperativas e revendas sócias e credenciadas a Associação”, ressaltou o Responsável Técnico da associação, Eng. Agrônomo Marco Antônio Ubaldo Filho.

Na regional 1 que integra 15 centrais de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, quatro centrais se destacaram, tendo a ARARCAM, como a de melhor desempenho. Eurípedes ressalta que quanto mais eficiente a central é, melhor classificada fica a associação. “A ARARCAM ficou classificada como 12ª central e isso é um resultado expressivo. Dentro da região 1 ficou em 1º lugar, então reconhecemos o trabalho do ano todo. Vimos várias decisões sendo tomadas dentro da associação, reduzindo o quadro de funcionários e mantendo a produtividade e eficiência. Isso mostra o trabalho, esforço e superação de todos os envolvidos”, ressaltou.

Para o Presidente da ARARCAM, Eng. Agrônomo Marcelo Luiz Capelari, o prêmio reforça o compromisso da associação em desenvolver suas atividades com sustentabilidade. “Temos o compromisso de promover ações sustentáveis, diminuindo custos e tendo o compromisso com a comunidade. A orientação constante aos produtores, reforçada por meio de programas de educação ambiental promovem o conhecimento sobre a importância da destinação correta de embalagens vazias de agrotóxicos. Nosso trabalho é constante e esse reconhecimento nos motiva ainda mais a desempenhar projetos para elevar nossa produtividade e eficiência enquanto central de recebimento”, afirmou Marcelo.

Fonte: Comunicação/Copercampos

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *