Segunda-feira , 28 Maio 2018
Home / Cotidiano / Moradores do Santa Edwiges esperançosos

Moradores do Santa Edwiges esperançosos

Administração Municipal se reúne com diretoria da associação de moradores, apresenta projeto e diz que pavimentação do acesso ao Santa Edwiges está no cronograma de ações, mas não houve especificação de prazo.

As condições ruins do acesso ao Loteamento Santa Edwiges tem sido tema de reclamação frequente junto à Administração Municipal e nas redes sociais há cerca de três anos. Na última sexta-feira, 13, de abril, um passo foi dado pela Administração com a apresentação de um projeto prevendo a pavimentação do acesso. Em reunião realizada pela Administração Municipal com membros da comissão da Associação de Moradores dos Loteamentos Santa Edwiges e Valparaiso, além da apresentação do projeto que prevê a pavimentação do acesso, outras melhorias também foram definidas. Nossa reportagem conversou com o presidente e o tesoureiro da Associação, Jocelmo Santin e Fabiano Machado.

O planejamento de atendimento àquela comunidade é imediato, de médio e longo prazo, conforme informou o presidente da nova diretoria da Associação de Moradores Jocelmo Santin. Ele recorda que no início de 2017 um esboço do projeto prevendo a pavimentação do acesso chegou a ser apresentado à diretoria anterior da associação. Na reunião de sexta foi apresentado projeto pronto. “A gente fez uma reunião de planejamento em que se traçaram algumas melhorias de imediato e outras a médio e longo prazo, que são reivindicações que já vem se arrastando e pontualmente cobradas tanto pela diretoria anterior da associação, como pela atual. O prefeito apresentou o projeto desse acesso, que segundo ele, já está no cronograma de ação da prefeitura”.

Jocelmo Santin e Fabiano Machado

Não foi apresentado prazo para início e execução do projeto de construção do acesso. Primeiro a prefeitura irá providenciar a implantação da rede de esgoto do Loteamento Palavro, que deverá passar pelo acesso ao Santa Edwiges, explicou Jocelmo. “Foi apresentado o projeto em si, como ficaria esse acesso depois de construído. Segundo o prefeito e secretariado que se fizeram presentes, vai demandar um pouco de tempo, porque precisa passar primeiro a rede de esgoto que está vindo do Loteamento Palavro, onde não tinha. Essa rede de esgoto então vai estar escoando na bacia de tratamento que atende o Valparaiso e o Santa Edwiges, passando por esse acesso”.

Uma nova reunião deve ser feita para definir prazos quanto ao acesso. “Não tem um prazo certo, delimitado ainda, mas o prefeito ficou de fazer uma nova reunião e definir questão de prazo mais específico. Mas segundo ele, é garantido que até final do mandato sai. O projeto que foi apresentado contempla asfaltamento, ciclovias e calçadas também. Lembrando que esse acesso será somente da entrada, da Rua Padre Armando até a entrada do loteamento, a princípio não contempla a marginal, porque depende do DNIT e foge da esfera da prefeitura”, explicou Jocelmo Santin. O trecho a ser pavimentado é de aproximadamente mil metros. Um projeto já teria sido apresentado ao Departamento Nacional de Infraestrutura (DNIT), contemplando melhorias nas BRs que cortam o município e adjacentes, entre elas que liga ao Loteamento Santa Edwiges. Até que o acesso saia do projeto, os moradores esperam uma manutenção permanente do acesso. Na noite de sexta-feira, o prefeito Silvio Alexandre Zancanaro fez uma postagem em sua página em rede social, afirmando. “Quando assumimos a Prefeitura, não existiam projetos. Nesta noite acontece um momento histórico aqui no Loteamento Santa Edwirges, onde apresentamos aos moradores o projeto completo do esperado acesso. Tudo planejado, o acesso está em nosso cronograma. Avança Campos Novos”.

Outras melhorias solicitadas foram a implantação de lombadas, iluminação do acesso entre o Motel Saturno e entrada do Loteamento atendida no último sábado, assim como um mutirão de limpeza, com auxilio dos moradores. “Foi possível com engajamento dos moradores. A comissão se fez presente e os moradores também de forma direta e indireta, tanto no recolhimento dos entulhos na rua, quanto recolhendo o material em suas residências para a prefeitura levar”. A limpeza continuou em execução nesta semana pela prefeitura.

A diretoria também solicitou melhorias na sinalização e em outros acessos aos loteamentos. “Foi mais ou menos acatado de jogar no acesso do Loteamento Palavro, que a princípio tem condição de ser iluminado que já existe um poste lá, é calçado e plaino. É mais viável o acesso lá, tem um pouco mais de estrada de chão, porém, é mais seguro para quem entra e sai do loteamento. Foi sinalizado também que eles vão abrir até o trevo da Copercampos, cascalhando, possibilitando a utilização desta marginal entre a Copercampos a Estrutural Zortéa, facilitando a todos os moradores que estão do outro lado do asfalto”.

No pedido de sinalização, a associação vai custear as placas e a prefeitura entra com o suporte e implantação. A falta de sinalização dentro dos loteamentos dificulta na entrega de correspondência e na própria localização. Um levantamento de informações referente ao Bairro Ernesto Zortéa, também será feito pela Associação a fim de identificar o número de moradores e necessidades.

*Reportagem publicada no jornal “O Celeiro”, Edição 1525 de 19 de abril de 2018.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *