Sábado , 21 Outubro 2017
Home / Cotidiano / Aparecida em fé! 40 anos – Romaria de Campos Novos reúne público aproximado de 65 mil pessoas

Aparecida em fé! 40 anos – Romaria de Campos Novos reúne público aproximado de 65 mil pessoas

“Uma referência de mãe, uma ligação de fé, de amor, de respeito, de carinho, de manifestação forte no coração do nosso povo brasileiro. Todos tem um apreço especial a Nossa Senhora Aparecida, porque ela toca os nossos corações. Ela é mãe e nunca desampara seus filhos e filhas”.

As palavras são do Bispo Diocesano Dom Mario Marquez e refletem a identificação dos milhares de romeiros que se deslocaram a Campos Novos neste dia 12 de outubro, para render homenagens a Nossa Senhora da Conceição Aparecida.

O número de romeiros nesta 40ª Edição foi estimado em aproximadamente 65 mil pessoas, informado pelo Corpo de Bombeiros e Polícia Militar de Campos Novos, transformando Campos Novos mais uma vez em palco de uma das maiores demonstrações de fé e devoção à Virgem Maria neste evento que se assemelha à romaria nacional de Aparecida, destacou o Bispo Diocesano. Milhares de fiéis rendem graças à mãe de Jesus, agradecem e renovam seus pedidos por uma vida mais digna.  “A romaria de Campos Novos é o que mais reúne fiéis em um único local em Santa Catarina, considerada a romaria de Santa Catarina no sentido de maior aglomeração no dia de Nossa Senhora Aparecida. Tenho percebido que a devoção a Nossa Senhora Aparecida tem aumentado a cada ano em Campos Novos e em particular a novena que é celebrada em preparação ao evento, que marca profundamente a preparação espiritual. E neste dia 12, é uma verdadeira multidão que nos encanta e emociona. É um momento de piedade popular, devoção e ação de graças. Campos Novos reúne a maior concentração de devotos em um único dia, aproximando-se, assemelhando-se ao que acontece lá em Aparecida, São Paulo, neste dia 12 de outubro”.

Uma grande estrutura foi preparada para acolher os milhares de romeiros em Campos Novos para 40ª Romaria ao Santuário de Nossa Senhora Aparecida, praticamente duplicando a população do município. Perto de 500 voluntários contribuíram para que a grandiosidade do evento religioso, principal referência de fé à Virgem Maria em todo o Sul do Brasil.

Testemunhos de fé

A cada ano novos relatos e testemunhos de fé, devoção e de graças alcançadas pela interseção de Nossa Senhora Aparecida na Romaria de Campos Novos. Romeiros que chegaram ao município ainda durante o dia e noite dessa quarta-feira, 11 de outubro, muitos vieram a pé de municípios vizinhos e de outras regiões do estado.

Marcia Kemer Cruz da Fazenda Carazinho de Brunópolis relata que há 4 anos a família vem a pé e a romeira acompanha a família de carro. “Faz quatro anos que nós viemos a pé, toda a família, neste ano veio meu marido Gilberto, minha filha Pâmela, meu filho Jonathan, minha sobrinha Talia e meu vizinho Junior. Sempre viemos para agradecer, pela saúde da família e por tudo de bom que conseguimos, agradecemos e renovamos os pedidos. Sou devota e qualquer coisa que acontece eu apelo para Nossa Senhora e sempre sou atendida”.

 

 

Também a pé de Brunópolis nossa reportagem encontrou na rodovia Claudinei da Silva Ribeiro, que mora em Joinville e fez o trajeto a pé a partir do município vizinho trazendo nos braços a imagem de Nossa Senhora Aparecida.

 

 

 

 

 

Rogério José Hermes veio de São Bento do Sul e acompanha há 10 anos a Romaria de Nossa Senhora Aparecida em Campos Novos, antes era morador de Abdon Batista. “Eu acompanho há 10 anos a romaria, eu tive uma graça alcançada sobre o alcoolismo. Fui um homem muito alcóolatra e estava com minha vida comprometida. Tive essa graça pela interseção de Nossa Senhora Aparecida, com a ajuda também dos alcóolicos anônimos a agora no dia 27 de outubro, vai fazer 39 anos que eu parei de beber e a minha estava comprometida entre 6 a 8 meses. É uma graça impagável e eu sempre venho agradecer”.

 

 

O casal Ivanor e Nilce Maziero vieram a pé de Curitibanos, saíram do município à meia noite de quarta-feira e chegaram à Campos Novos no final da tarde. Emocionados também testemunharam a devoção a Nossa Senhora Aparecida. “Agradecer a nossa santinha ela ajudou a criar nossos filhos e estamos vindo hoje só para agradecer. Estamos nos sentindo realizados, com os pés cheios de bolhas e machucados, mas muito felizes. Eu morei em Campos Novos 24 anos e agora faz 9 anos que moramos em Curitibanos e muitas vezes eu vinha na BR trazer água para quem vinha a pé, era tradição, muita devoção. Hoje na verdade os idosos não vem mais porque estão cansados e os novos são poucos que vem. Mas nós enquanto pudermos vamos vir e especialmente nos 40 anos não podíamos deixar de vir e se Deus quiser ano que vem estaremos aqui novamente”.

 

Há mais de 20 Evelize Aparecida Moreira e Ivanir Moreira também fazem o trajeto até Campos Novos a pé para participar da romaria. Nos últimos 5 anos vieram da Fazenda dos Varões  e anteriormente da localidade de São Simão, como relatou Evelize. “Faz mais de 20 que fazemos o trajeto a pé, de São Simão desde a época em que trazíamos os santos padroeiros e agora há 5 anos viemos da Fazenda dos Varões”. Neste ano acompanhou as irmãs o jovem Junior Patrick Dapper.

 

 

 

Do Ibicuí uma família de 9 pessoas vieram na tarde de quarta-feira. Fabiana de Souza relatou a testemunhou a redução de nódulos no fígado. “Eu tenho dois nódulos no fígado e com a graça de Maria diminuíram os nódulos de Maria e estou aqui, estou de pé, vim para agradecer”. Sabrina de Souza também testemunhou. “Eu tenho uma menina de quatro anos, ela quase faleceu no hospital, quando ela nasceu os médicos disseram que ela ia durar só dias, então eu fiz a promessa se ela sobrevivesse eu vinha a pé. Desde então viemos todos os anos junto com a família”.

 

 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *