Sexta-feira , 22 Junho 2018
Home / Agronegócio / Em comunicado à imprensa BRF paralisa atividades em Campos Novos

Em comunicado à imprensa BRF paralisa atividades em Campos Novos

No final da tarde de hoje a BRF (Brasil Foods), enviou um comunicado a imprensa informando a paralisação das atividades em três unidades.

COMUNICADO À IMPRENSA

A BRF informa que, em consequência da greve dos caminhoneiros, já teve atividades suspensas em quatro unidades de abate de frangos e suínos hoje pela manhã. Elas estão localizadas em Nova Marilândia (MT), Dois Vizinhos (PR), Toledo (PR) e de Campos Novos (SC). A medida decorre da falta do recebimento de matéria-prima, insumos e animais para abate, além da falta de caminhões para escoar produção acabada.

Além disso, outras nove unidades terão atividades parcial ou totalmente paralisadas nesta quarta-feira, dia 23. Elas estão localizadas em Rio Verde (GO), Uberlândia (MG), Dourados (MS), Chapecó (SC), Garibaldi (RS), Marau (RS), Concordia (SC), Herval do Oeste (SC) e Francisco Beltrão (PR).

A BRF informa também que diversos insumos utilizados na industrialização de alimentos não foram entregues ontem e hoje (22 e 23 de maio), prejudicando a produção habitual da companhia. Além disso, detectamos falta considerável de abastecimento de ração destinada aos animais alojados nos nossos produtores rurais parceiros, já impactando cerca de 1 milhão de animais e podendo alcançar a totalidade de nosso plantel nos próximos dias.

A companhia reforça que a impossibilidade de transporte de insumos e produtos causa perdas para os produtores rurais, colaboradores e empresa, assim como compromete severamente o bem-estar animal e prejudica o atendimento ao consumidor.

A companhia alerta, portanto, para a gravidade da situação e solicita esforços do Movimento dos Transportadores e do Governo para a solução do impasse e fim da greve o quanto antes.

Lorival Nogueira Luz Jr.

Diretor Presidente Global e Vice-Presidente, Financeiro e Relações com Investidores

Reflexos

Com a greve a Aurora alimentos também decretou paralisação nesta terça (22), a cooperativa comunicou a paralisação total das atividades das suas indústrias de processamento em Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul.

A paralisação das unidades citadas significará, conforme a Aurora, que sete indústrias de aves e oito de suínos estarão paradas; 28 mil trabalhadores diretos serão dispensados temporariamente; cerca de 8 mil produtores rurais terão de adotar regime de “restrição alimentar aos plantéis de aves, suínos e bovinos”, contabilizados em 32 milhões de frangos e 1,26 milhão de suínos; 2 milhões de aves e 40 mil suínos deixarão de ser processados nesses dois dias; 300 caminhões frigorificados/dia e 200 caminhões com cargas vivas/dia e 120 caminhões de ração/dia deixarão de circular.

“Tudo isso representa mais de R$ 50 milhões de prejuízos para toda a cadeia produtiva ancorada na Aurora Alimentos, justamente em um ano em que a perda de mercados e problemas conjunturais já sacrificam severamente a agroindústria da carne com milhões em perdas”, disse o comunicado.

 *Informações: BRF (Brasil Foods), Amanda Trolezi, Aurora Alimentos.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *